domingo, 15 de agosto de 2010

Cartas para o Mar (6)

Todos querem navegar
Marujos, arrais e capitães
Com suas embarcações
Munidos de coragem
E imponentes canhões
Eu tenho apenas um barco
Um barquinho de papel
Onde escrevo o meu recado
E meus versos de cordel:
Seja meu mar
E eu,
Serei teu céu.

Nenhum comentário: