domingo, 11 de outubro de 2009

Brainstorm

Com quantas taças de vinho se faz uma poesia?
E quantos cigarros só para fazer uma rima?
São mais lágrimas ou sorrisos?
São doses de bebida,
Raivas escondidas
E dentre tantos desequilíbrios
Alguma felicidade.
São mentiras e verdades
Tudo junto, só para confundir
Não é para enganar.
Talvez explicar.
Talvez difundir.
É para fazer rir ou chorar.
É só para rimar.
Muitas vezes, resultado de dias mal vividos
Noites mal dormidas
Mas no fundo, tudo vale
Poesia é a arte da reciclagem.
Você perde para ganhar.

4 comentários:

Maíra D. disse...

" Poesia é a arte da reciclagem.
Você perde para ganhar. "

achei incrível esses versos, e eu concordo que é assim mesmo.

Laís Bratfisch disse...

então vamos todos reciclar! :)

Laís Bratfisch disse...

veja só!
me encantei de novo ao ler.

reciclar, reciclar, reciclar.

Renata de Aragão Lopes disse...

"Poesia é a arte da reciclagem."

Interessante!

Um abraço,
doce de lira